4 erros mais comuns de clipping que te fazem parecer um amador

x-erros-mais-comuns-de-clipping-que-te-fazem-parecer-um-amador30810.jpg

O clipping é um trabalho executado por profissionais das áreas de comunicação, especialmente jornalistas com foco em assessoria de imprensa, que tem o objetivo de mapear tudo o que sai na mídia sobre determinada empresa ou o mercado em que ela está inserida. O clipping mostra a efetividade da assessoria de imprensa da companhia, apontando em quais veículos de comunicação a empresa aparece, contribuindo para a construção e fortalecimento da marca, além de evitar possíveis crises de imagem corporativa.

Fazer um bom clipping de notícias e informações de mercado não é tarefa fácil e pode consumir muito tempo dos profissionais responsáveis. Por isso, é fundamental investir em ferramentas que possibilitem um trabalho mais profissional, evitando amadorismos que podem prejudicar o desenvolvimento do serviço e a própria valorização da atividade.

Neste post, vamos falar dos erros mais comuns relacionados ao clipping na rotina de trabalho dos assessores de imprensa, além de dar dicas para evitá-los. Confira!

Perder tempo com pesquisas manuais

Um dos principais erros de clipping cometidos trata-se da perda de tempo com pesquisas manuais em busca de informações na mídia. Isso pode comprometer a disponibilidade e o desempenho do assessor de imprensa para atividades mais estratégicas, como, por exemplo, a análise das notícias e do que elas transmitem às pessoas.

Para que os profissionais consigam aprimorar suas rotinas de trabalho, é fundamental que haja uma otimização na busca pela informação, prezando pela agilidade. Isso é possível com a contratação de empresas especializadas em buscas de notícias, que fazem uso de tecnologias personalizadas de acordo com os objetivos do cliente.

Não fazer uso de tecnologias

O trabalho muito manual e mecânico do clipping físico deu advento a uma nova modalidade de pesquisa de notícias: o clipping on-line. Com documentos armazenados na nuvem, e podendo ser acessados simultaneamente por diferentes pessoas, as empresas poupam espaço físico e garantem a segurança das informações.

As tecnologias surgiram como importante ferramenta dos assessores de imprensa, automatizando buscas diárias de notícias em diversas mídias, conseguindo, assim, que esses profissionais trabalhem melhor a análise de impacto da notícia nos portais.

Não investir em um design adequado

Os assessores de imprensa normalmente fazem e-mail marketing ou enviam a newsletter da empresa com as principais notícias que saíram na mídia. No entanto, nem sempre esse trabalho preza por uma boa apresentação, utilizando-se de modelos já prontos e mudando apenas o conteúdo escrito.

Novas tecnologias permitem que os assessores de imprensa contem com designs profissionais e edição de notícias de maneira personalizada, de acordo com os objetivos de comunicação da empresa.

Não fazer monitoramento de mercado

O monitoramento do mercado e dos concorrentes é fundamental na criação da estratégia para posicionamento do seu negócio. Muitas empresas e profissionais deixam esse serviço de lado e perdem a visão macro do que está de fato acontecendo e impactando nas tomadas de decisões a marca, emprega ou negócio..

Hoje, é possível organizar as informações e dividir os conteúdos monitorados por meio de filtros e palavras-chave, agilizando o processo de pesquisa e informando melhor os gestores da organização para tomada de estratégias.

Ao garantir a boa execução do clipping de notícias, os profissionais de comunicação conseguem melhorar a percepção da importância do seu trabalho, garantindo assim melhores oportunidades de crescimento de carreira.

Para isso, é fundamental qualificar o serviço com o apoio das diversas ferramentas disponíveis no mercado, tendo mais agilidade no dia a dia e resultados mais satisfatórios. E você, já utiliza boas estratégias de clipping? Compartilhe no campo de comentário!
Fale com um especialista em monitoramento »
Tópicos: Clipping Clipping Digital Assessor de Imprensa Assessoria de Imprensa Assessora de Imprensa Clippin on-line