O que é clipping e como fazer um bom clipping online

06dc6560fddd20034e3d329cfe163c5c_-_pixabay.jpg

O que é clipping e como fazer um bom clipping online

Por que fazer o clipping de notícias? Bem, os motivos são inúmeros. Estamos na era da informação, caminhando para a universalidade da conectividade — de acordo com o IBGE, só no Brasil, mais de 50% dos lares possuem acesso à internet, e esse número aumenta anualmente. Todo mundo pode compartilhar ideias, notícias e opiniões em uma velocidade nunca antes vista. Para o gestor de negócios e a pessoa pública, esse certamente é um terreno que precisa ser explorado.

Infelizmente, a popularização da internet também trouxe consigo um grande problema a ser enfrentado, principalmente pelas empresas: a desinformação e as fake news. Você já deve ter visto alguém repassar alguma notícia duvidosa por aí, certo? O gestor precisa agir rapidamente e receber a informação antes que males piores sejam criados e o monitoramento pode ser uma arma poderosa contra as crises que surgem a partir disso.

Além disso, monitorar também é uma tarefa fundamental para acompanhar a reação, principalmente por parte da imprensa, em relação às ações elaboradas pela organização — como campanhas de marketing, eventos, lançamentos, entre outros. Isso sem mencionarmos o acompanhamento da concorrência, que volta e meia promove alguma ação com repercussão local ou nacional (em alguns casos, inclusive, fornecem dados sobre o seu faturamento e outras informações relevantes).

Mas o que tudo isso tudo tem a ver com o tal clipping? Tudo! Nesse post, você vai saber para que serve esse tipo de tarefa e aprenderá algumas dicas sobre como realizá-lo! Confira a seguir:

Afinal, o que é clipping?

Basicamente, o clipping é o processo de monitorar matérias jornalísticas, tanto nos veículos tradicionais (jornais, rádio, revistas e televisão), quanto online — atualmente, até mesmo as mídias sociais são monitoradas! Nessa prática, são feitos pequenos recortes de todas as notícias, que devem ser arquivadas quando fazem menção a determinada pessoa pública ou empresa relevante para seu negócio, que pode ser sua, de seus parceiros ou da concorrência.

Hoje, existem muitas empresas que oferecem esse tipo de serviço, fornecendo toda a cobertura necessária para o gestor ou a pessoa pública, garantindo um monitoramento constante de tudo o que é relevante. Assim, o gestor toma conhecimento rapidamente sobre qualquer veiculação relacionada à empresa, podendo agir rapidamente caso aconteça alguma crise de imagem — como notícias negativas ou boatos — ou mudar o planejamento das ações de marketing caso não tenham reverberado no mercado como o esperado.

Teste o NewsMonitor  por 7 dias grátis

Como fazer um bom clipping digital?

Fazer uma clipagem manual não é difícil. Se você encontra um jornal com alguma notícia relacionada à sua empresa, basta recortá-lo e arquivá-lo. Pronto! Embora a tarefa em si seja bastante simples, a qualidade do monitoramento já é outra história — e é justamente esse o maior desafio do clipping moderno.

É visível que hoje estamos cercados por todo tipo de informação. São inúmeros jornais, revistas, isso sem falar nos sites, que se multiplicam rapidamente. Monitorar em tempo real todas essas informações de forma operacional, portanto, não é uma tarefa fácil.

Por isso, o ideal é que você procure uma empresa que realize esse tipo de serviço — afinal, a atividade toma tempo, coisa que normalmente as empresas, organizações e pessoas públicas não têm de sobra. Assim, você recebe todas as informações que precisa por e-mail, além de relatórios com insights e análises de especialistas de monitoramento.

Caso opte por realizar o clipping por sua própria conta, existem algumas dicas que podem facilitar o trabalho. Vamos mostrá-las abaixo, confira:

Defina um objetivo

Em primeiro lugar, é fundamental que você defina com clareza o que espera do monitoramento. Sua intenção pode ser, por exemplo, realizar um benchmarking avaliando o mercado para descobrir ações e o posicionamento de outras empresas em relação à sua. Ou, pode pretender apenas fazer um monitoramento preventivo, para que não circulem informações caluniosas sobre o seu negócio na internet. É possível, ainda, que o monitoramento seja feito para acompanhar a reação da mídia a alguma ação específica da organização.

Enfim, definir esse objetivo inicial é indispensável para que o clipping tenha foco. Assim, é possível destinar menos tempo à tarefa e garantir muito mais eficácia nos resultados. Quanto mais assertividade, melhor.

Escolha as ferramentas

Agora é chegado o momento de definir qual será a ferramenta usada para realizar o monitoramento. Novamente, é recomendável recorrer a empresas especializadas na área, afinal, dessa forma você consegue os resultados com muito mais facilidade, além de gráficos para visualizar com mais clareza o panorama geral do monitoramento. No entanto, existem outras ferramentas acessíveis que também podem ser usadas, embora não necessariamente com a mesma precisão.

Algumas delas são o Google, o Bing e o Social Mention, entre muitas outras. Todas elas permitem que o usuário realize buscas por termos, que foram definidos anteriormente na etapa de planejamento. Assim, você consegue encontrar tudo o que procura e fazer um clipping básico.

Faça o relatório mensal

Para concluir, é necessário fazer um relatório completo de todas as suas ações, principalmente para efeitos comparativos. Assim, você consegue acompanhar a evolução da empresa ao longo do tempo. O número de menções aumentou? Foram positivas ou negativas? Quais foram os tipos de veículo que publicaram as nossas ações de divulgação? Por outro lado, quais mídias costumam publicar notícias negativas?

Todas essas informações são essenciais para que o gestor defina o seu próximo passo e melhore o seu posicionamento nos principais veículos de imprensa. Dessa forma, ele pode garantir que a imagem da sua empresa seja preservada no mercado!

Gostou? Então que tal conferir nosso outro post com algumas dicas para tornar o seu clipping mais eficiente?

Teste o NewsMonitor  por 7 dias grátis

Fale com um especialista em monitoramento »
Tópicos: Clipping