Por que o clipping online superou o clipping físico

clipping.png

O clipping é a atividade de reunir informações específicas, como publicações da imprensa sobre um negócio, concorrentes, sua área de atuação ou o mercado de forma geral, por exemplo. Com esse recurso, empresas têm mais controle sobre o que está sendo dito sobre os assuntos de seu interesse para tomar decisões estratégicas, contornar alguma situação inusitada, ganhar competitividade, delinear objetivos e até mesmo inovar por meio das tendências descobertas com o auxílio dos monitoramentos realizados.

Existem dois tipos de clipping: o físico, que se preocupa com recursos offline (como jornais impressos, revistas, rádio e televisão, por exemplo); e o clipping digital, também conhecido como clipping online, que trabalha focado em conteúdo noticioso divulgado na web.

Como há cada vez mais informações e recursos na internet, sendo ela a principal fonte de pesquisa e conteúdo atualmente, o clipping online vem superando o clipping físico — e uma agência, assessor de imprensa ou empresa que não sabe disso está perdendo boas oportunidades. Entenda os motivos:

O clipping online ajuda a reduzir o tempo dedicado à tarefa

Como o clipping online pode ser feito de maneira totalmente automatizada. Com o software de monitoramento correto e após a configuração das palavras-chave e dos parâmetros adequados, há um ganho considerável de tempo para desenvolvimento de outros trabalhos. Isso porque a reunião e organização de informações com recursos digitais é muito mais rápida do que o clipping físico — ainda feito manualmente.

A internet é o maior centralizador de informações e conteúdo noticioso

Você consegue se imaginar hoje sem internet? Pois é, a cada dia ela tem se consolidado como fonte primária de notícias e para pesquisas. Não em vão muitos veículos de comunicação têm aberto mão de suas publicações impressas ou, no mínimo, disopnibilizado todo o conteúdo online, seja por meio de portais de notícia, blogs ou mesmo aplicativos. Por esse motivo, é praticamente impossível que uma publicação em veículo impresso não esteja também disponível na web.

Mais qualidade nas informações do seu clipping

O clipping online também auxilia no aumento da qualidade das informações reunidas na clipagem ou, em outras palavras, deixa o processo menos trabalhoso e mais certeiro de forma geral. É muito mais fácil que o clipping online, realizado por meio de mointoramentos automatiados com o apoio de ferramentas tecnológicas não deixe passar uma informação ou matéria altamente relevante. Afinal, o trabalho manual de cipagem é mais passivo a falhas, além de restringir a busca aos veículos em que foram trabalhados pela assessoria de impresa, por exemplo.

Com uma busca personalizada por meio de um software de monitoramento de notícias, também é possível definir parâmetros com o auxílio de filtros avançados, receber sugestões de palavras-chave relacionadas ou escolher termos mais específicos em prol de informações pontuais. Dessa forma, além de mais eficiência no trabalho, os resultados são mais acertados.

Ganho de produtividade no dia a dia

Como se consegue reunir mais informações de mais qualidade em menos tempo, existe, obviamente, um ganho de produtividade. Além de evitar que recursos preciosos, como tempo e o humano, sejam desperdiçados com uma atividade que pode ser automatizada, o clipping online também permite que você atenda mais clientes ou projetos sem, necessariamente, precisar ampliar a equipe.

Facilita a análise sobre o mercado, concorrentes, monitoramento de tendências e a geração de insights

Quantas pessoas seriam necessárias para, diariamente, avaliar todos os veículos de comunicação no Brasil e no mundo para analisar o que tem acontecido em seu mercado de autação, na economia em relação ao setor, acompanhar os concorrentes, monitorar tendências de mercado e, assim, gerar insgihts para a tomada de decisões mais certeias? Provavelmente muitas, não é mesmo?

Esse é justamente outro motivo que reforça por que o clipping online superou o clipping físico: a possibilidade de acompanhar, triar e avaliar um grande volume de informações, porém melhor selecionadas conforme os objetivos etratégicos (a chamada dieta de informação, já ouviu falar?)

Desenvolvendo este tipo de trabalho é possivel avaliar não somente sobre a empresa ou os seus cliente em si, mas oferecer análises mais completas e detalhadas – o que favorece, inclusive, o levantamento de novas oportunidades de negócio.

O investimento em clipagem é reduzido

Embora exista um custo associado ao clipping online, ele se torna mais barato do que o clipping físico. Dentre os motivos estão:

  • Redução do tempo gasto na tarefa (e tempo é dinheiro!);
  • Necessidade de menos pessoas para realizar a tarefa (o que reduz os custos com mão de obra);
  • Possibilidade de diluir o custo do software de monitoramento de notícias e sites em diversos projetos ou clientes;
  • Facilidade no armazenamento e envio do clipping (já que tudo é concentrado em uma única ferramenta e não há necessidade de utilizar espaço físico, o que permite melhor distribuição deste local para produção e produtividade);
  • Possibilidade de atender mais projetos ou clientes com a mesma infraestrutura e recursos financeiros, o que possibilita o aumento da lucratividade do negócio (menos custos e mais receita), etc.

E você, concorda que o clippling online superou o clipping físico? Já coloca este trabalho em prática na sua assessoria de imprensa ou no dia a dia de sua empresa? Conte para a gente a sua opinião!

Fale com um especialista em monitoramento »
Tópicos: Monitoramentos Clipping Digital Monitoramento de Concorrência Monitoramento de Notícias Clipping Assessoria de Imprensa Inteligência de mercado Inteligência Competitiva clipping físico clipagem