Por que as pessoas públicas precisam do monitoramento de notícias?

Alguns dizem que estamos na era da informação, o que evidentemente é verdade. Nunca as notícias circularam tão rapidamente como com as mídias sociais. Acontece que, ao mesmo tempo, podemos dizer que essa também é a era da desinformação. Afinal, velocidade não é, necessariamente, sinônimo de qualidade. O público em geral lê as notícias e, em alguns casos, sequer checa as fontes. Assim, o terreno fica fértil para os boatos e as mentiras.

Claro que, para a pessoa pública, isso é bastante perigoso. Em primeiro lugar, um simples tweet pode viralizar e rapidamente se tornar uma verdade aos olhos dos internautas. Além disso, existem até mesmo os casos mais graves, em que informações pessoais e íntimas são divulgadas sem o consentimento da pessoa.

Qual a saída para isso tudo? A resposta está no monitoramento de notícias. A seguir, confira a importância desse tipo de ação e descubra o que fazer em cada situação.

Tópicos: Monitoramento de Notícias Monitoramento de Pessoas Públicas

Política 2018: a importância de monitorar notícias em ano de eleições no Brasil e o perigo das fake news

Com a evolução da internet e sua popularização, a informação tornou-se mais instantânea do que nunca. Não importa onde você trabalha ou o que você faz, você interage online e sabe que essa evolução permitiu o compartilhamento instantâneo de opiniões, inclusive as políticas.

Tópicos: Clipping Monitoramento de Pessoas Públicas Cenário Político Campanha Política Estratégia Política