Saúde mental? Sua dieta de informação pode ser tão importante quanto sua dieta alimentar

80bbc0098241a384d740efc0b511da65.jpgImagem: The Imaginary Foudation, Switzerland, 2012

Quando falamos sobre qualidade de vida e saúde mental nos dias de hoje, o consumo de informação toma um papel cada vez mais importante. Por isso, aquilo que colocamos para dentro de nossa cabeça é tão importante quanto aquilo que colocamos para dentro de nosso corpo.

Vivemos em tempos onde muitas coisas estão mudando em uma velocidade que não teríamos como prever há alguns anos. Para complicar ainda mais, você está consumindo mais notícias e informações atualmente do que em qualquer outro momento de sua vida. Elas chegam por todos os lugares: pelo seu telefone, por sua televisão, através de seus amigos, pela timeline das mídias sociais ou mesmo pelos antigos meios, como jornais e revistas.

O fato é que no meio de tanta informação pouca coisa é realmente aproveitável para nos tornar pessoas ou profissionais melhores. Nunca consumimos tanta inutilidade em forma de notícia. Veja o seu feed do Facebook, por exemplo, e perceba o que estou falando. Entretenimento barato transvestido de informação, informação inútil disfarçada de entretenimento e outras mutações genéticas da notícia no século XXI. Estamos vivendo em uma era de poluição informacional. E o que isso gera? Se você quiser entender o problema de uma forma mais superficial e rápida, a resposta é: estresse! Mas se você quiser olhar de uma forma um pouco mais profunda, a resposta seria: depressão!

Uma má notícia

Segundo alguns estudos recentes da Media Effects Research Laboratory, as notícias consumidas em larga escala dentro de nossa cultura global são contribuintes importantes do ambiente de ansiedade, estresse e alguns quadros depressivos que vêm assolando todo o mundo. Não que elas sejam as principais causadoras, até porque, os desastres, acidentes e todo o tipo incidente negativo que elas mesmo reportam já seriam o suficiente para deixar qualquer um desesperançoso.

Mas, como se não bastassem os fatos em si, as notícias precisam amplificar suas problemáticas, explodir as epidemias e nos deixar em estado de vício constante por esses “drops” de tensão. As notícias negativas se aproximam de uma espécie de vírus invisível - e é justamente este “vírus invisível” que Alain de Botton, um de nossos filósofos favoritos, defende em seu livro intitulado nada mais nada menos como: News.

the-news.jpg

 

Neste livro, Alain defende as notícias como o elemento que programa a cultura assim como a igreja programava a humanidade ocidental na Idade Média. O problema é que a notícia não é uma instituição única, mas é algo produzido por várias instituições sedentas, cada vez mais, por pageviews e novas audiências. Estamos mergulhados em informação na maior parte das vezes inútil.

Teste o NewsMonitor  por 7 dias grátis

Você é aquilo que você lê

O fato é: se você é aquilo que você come, e isso define como você se sente, você é ainda mais aquilo que você consome como informação. Com a única ressalva de que aquilo que você coloca para dentro do seu corpo como comida você pode escolher, enquanto aquilo que você consome de informação é muito mais sensível - bateu o olho, levou!

Um ser humano adulto recebe, em média, mais de 3 mil mensagens informativas ao longo do dia, e elas são absorvidas por ele de forma consciente ou inconsciente. Enquanto respiramos e vivemos, estamos absorvendo informações, grande parte, inútil.

Agora, imagine se você pudesse ter ao menos a escolha do que você ingere em termos de informação? Mesmo que seja apenas uma parte daquilo que você consome no seu dia. Bem, se essa é a sua vontade e você já está entendendo o quanto isso é importante para a sua motivação e inteligência, você está pronto para buscar uma Dieta Informacional de Alta Qualidade (DIAQ).

DIAQ: Dieta Informacional de Alta Qualidade

Uma DIAQ nada mais é do que uma composição de informações diárias que tenham alta utilidade e influência sobre temas que são importante para a sua vida pessoal e profissional. Para compor uma DIAQ, você precisa de ferramentas de filtros e monitoramento de notícias que possam lhe ajudar a receber no conforto do seu e-mail, de suas mídias sociais e do seu celular, as informações e notícias certas que podem lhe alimentar beneficamente, criando energia para a tomada de decisão e ação.

Curadoria de Notícias

Com  NewsMonitor, você e seu time já tem as capacidades para encontrar, salvar e compartilhar notícias e informação para a criação de uma dieta de Informação saudável para você e seus colaboradores.

Mas você e sua organização podem ir além.

Com o serviço de Curadoria do NEWSMONITOR você e seu time exercem a Dieta Informacional de Alta Qualidade, economizando tempo nos monitoramentos. Sua organização vai contar com o apoio de um curador especialista para saber o que está acontecendo dentro de qualquer área de interesse importante para a sua organização

Sua vida pessoal e profissional ganhará novos padrões de qualidade porque Informação é Energia.

Teste o NewsMonitor  por 7 dias grátis

Fale com um especialista em monitoramento »
Tópicos: Informação Monitoramento de Notícias NewsMonitor Dieta de informação Curadoria